terça-feira, 28 de março de 2017

use literatura em sua redação #1





literatura e produção de texto são duas entidades que namoram e podem se casar sim. 
que frase.

enfim, literatura e redação combinam. ponto.

assista-me. sem mais delongas.


segunda-feira, 27 de março de 2017

aprendendo redação #6 [gravidez precoce]





   gravidez precoce e orientação sexual


texto 1

Brasil gasta R$ 7 bilhões ao ano com gravidez precoce, diz ONU

ESTADO DE S PAULO – outubro 2013


O estudo anual "Situação da População Mundial", divulgado nesta quarta-feira, 30, pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), conclui que o Brasil conseguiria acumular R$ 7 bilhões a mais na arrecadação anual se "adolescentes adiassem a gravidez até depois dos 20 anos".
A pesquisa revela que, nos países em desenvolvimento, 70 mil meninas com menos de 18 anos dão à luz e 200 morrem por causa de complicações da gravidez ou parto, todos os dias. Em todo o mundo, 7,3 milhões de adolescentes se tornam mães a cada ano, das quais 2 milhões são menores de 15 anos. O estudo estima um aumento para 3 milhões até 2030, se a tendência atual for mantida.
O documento do estudo, intitulado "Maternidade Precoce: enfrentando o desafio da gravidez na adolescência", aborda, entre outras questões, "as implicações da gravidez na adolescência e o que pode ser feito para garantir uma transição saudável e segura para a vida adulta".

O estudo destaca ainda as consequências da maternidade precoce e não planejada para "a saúde, educação, emprego e direitos de milhões de meninas em todo o mundo, o que pode se tornar um obstáculo ao desenvolvimento de seu pleno potencial". Uma das consequências da gravidez na adolescência apontadas pelo relatório é a taxa de abortos inseguros realizados anualmente em países em desenvolvimento: até 3,2 milhões, envolvendo jovens de 15 a 19 anos. 

texto 2
leia entrevista dr drauzio varela - clique

. . . . . . . . .  .  .  .  .  .  .  .  .   .   .   .   .

lidos os textos, a ideia é produzir uma redação dissertativa (argumentativa) com este tema dado.

para o rascunho, então, recomendo responder estas questões:

1) qual sua ideia, opinião, a respeito da gravidez precoce, sabendo que a situação é um dilema social também?
2) orientação sexual, nas escolas, é um tabu?
3) orientação sexual, em casa, é um tabu?

. . . . . . . . . . .  .  .  .  .  .  .  .   .   .   .

feitas as questões acima, divida seu texto em três partes, assim:

A) sua opinião (chamo de tese) que irá defender a respeito do tema
A.1) exemplo : gravidez precoce é prejudicial à vida em sociedade

B) os argumentos que sustentarão a ideia (tese)

B.1) exemplo para você desenvolver : gravidez precoce impede desenvolvimento do estudo
B.2) exemplo : prevenção é necessária; gravidez é questão de saúde e não apenas moral
B.3) exemplo : gravidez precoce revela despreparo quanto ao uso de contraceptivos
B.4) exemplo : mídia deveria assumir parcela de responsabilidade quanto a prevenção

C) conclusão 
C.1) exemplo : desta forma, a sociedade brasileira deve assumir um projeto de educação e orientação sexual que se baseie na saúde da figura feminina e na realidade social dos indivíduos envolvidos 


sábado, 25 de março de 2017

qual seu livro ?






qual livro serve pra comer?
que livro você vestiria?
pensei naquela pergunta da ilha, mas está muito gasta... e diz quase nada de quem responde.
continuando.
que livro é desesperador de lindo?
algum livro já te moeu ?
muitas perguntas ...

veja-me !...



eu mandava ladrilhar








no dia 25 de março de 1824 deu-se a primeira constituição do país independente. em 1865, sobre uma parte do rio tamanduateí, estava uma rua que ganharia este nome, com número e mês, 25 de março. o rio que corria sob a rua, se me permitem a má poesia, se converteu em mar de gente.
hoje, poucos se lembram do que aconteceu neste dia, em 1824 ou 1865.
o que importa é essa turba de humanos que se espreme, que se compra, que se vende na rua mais movimentada de s. paulo.

sexta-feira, 24 de março de 2017

o que é o simbolismo





na história da literatura brasileira foi período relativamente curto, se comparado ao romantismo ou barroco, por exemplo.

final do século 19. influência francesa (baudelaire, rimbaud, dentre outros).

estilo chamado de decadente... produziu figuras como mário pederneiras, freitas vealle, alphonsus de guimaraens, pedro kilkerry, cruz e souza ... todos distantes do que a gente possa chamar de "escritores de obras primas". nada disso. mas influenciou, mais tarde, gente como cecília meirelese vinícius de moraes, por exemplo. os casos de "dom casmurro" e "o ateneu" são simbólicos, se permitem trocadilho. veja-me e saiba o porquê.



terça-feira, 21 de março de 2017

este poema de amor não é lamento - jorge de lima






Este poema de amor não é lamento
nem tristeza distante, nem saudade,
nem queixume traído nem o lento
perpassar da paixão ou pranto que há-de

transformar-se em dorido pensamento,
em tortura querida ou em piedade
ou simplesmente em mito, doce invento,
e exaltada visão da adversidade.

É a memória ondulante da mais pura
e doce face (intérmina e tranquila)
da eterna bem-amada que eu procuro;

mas tão real, tão presente criatura
que é preciso não vê-la nem possuí-la
mas procurá-la nesse vale obscuro.




de longe, não é o texto mais legal de jorge de lima, contudo, há vestibulares à vista e vamos estudá-lo.

com influência do parnasianismo, a mensagem se prende à forma clássica do soneto (14 versos metrificados) e à linguagem culta, dentro dessa estrutura sabidamente erudita.

de início, o poeta quer distanciar-se dos amores cantados nesse tipo de gênero (soneto: poema lírico), dizendo que é poema de amor mas não é isso, nem aquilo, nem aquilo outro. retórica. pura retórica.

metalinguagem, leitor, metalinguagem. é a função da linguagem que trata da própria mensagem, explicando-a, explicitando-a. aqui, o eu lírico afirma, como já disse, que seu poema não é lamento, não é queixa, muito menos um texto lavado de paixão. seu poema (ver terceira estrofe) é memória da pessoa amada. aqui, sobra marca romântica, na visão idealizada de sua musa ("doce"; "eterna") que anda perdida num vale obscuro que bem pode ser a morte como apenas a distância.




segunda-feira, 20 de março de 2017

aprendendo redação #5 [ torcidas organizadas ]





texto 1
Brasil é o país com mais mortes em brigas de torcidas organizadas, diz sociólogo

O confronto entre a torcida do Corinthians e a polícia na reabertura do Maracanã, no dia 23, após os Jogos Olímpicos, trouxe à tona o debate sobre a violência das torcidas organizadas no futebol. O sociólogo Mauricio Murad, professor da Universidade Salgado de Oliveira (Universo), estuda a violência no futebol há 26 anos e é autor do livro “Para entender a violência no futebol”. Ele afirma que o Brasil é o país onde mais morrem torcedores em função das brigas. (...)
EBC - 2016
http://www.ebc.com.br/esportes/2016/10/brasil-e-o-pais-com-mais-mortes-em-brigas-de-torcidas-organizadas-diz-sociologo ]

texto 2




PROPOSTA - -

Lidos e vistos texto e vídeo, construir um texto argumentativo em que você se posicione a respeito do tema:
FUTEBOL COM TORCIDA ÚNICA É A SOLUÇÃO PARA VIOLÊNCIA?

. . . . . . . .  .  .  .  .  .  .   .   .   .   .   .    .

lembre-se : introdução com a tese (sua ideia) e o contexto
lembre-se : nada de clichês (do tipo "sociedade mais justa"; "no mundo em que vivemos" ....)
lembre-se : a conclusão reafirma a tese

quarta-feira, 15 de março de 2017

lasar segall modernista brasileiro






nascido na lituânia (antiga rússia), lasar naturalizou-se brasileiro após casamento com jenny klabin.
antes, esteve na alemanha, estudou arte por lá. no brasil, adotou nossas cores, nossas formas. fez uma exposição bacana, em campinas, 1913. fez outras, em s paulo e mundo afora.
saber mais desse vanguardista, expressionista?
veja-me!




terça-feira, 14 de março de 2017

vencido está de amor meu pensamento



mais camões para estudar !


Vencido está de Amor meu pensamento
o mais que pode ser vencida a vida,
sujeita a vos servir instituída,
oferecendo tudo a vosso intento.


Contente deste bem, louva o momento
ou hora em que se viu tão bem perdida;
mil vezes desejando a tal ferida
outra vez renovar seu perdimento.


Com essa pretensão está segura
a causa que me guia nesta empresa,
tão estranha, tão doce, honrosa e alta.


Jurando não seguir outra ventura,
votando só por vós rara firmeza,
ou ser no vosso amor achado em falta.      [ Rimas, 1595 ]



o pensamento do poeta está dominado pelo amor​... por isso, contente; e quando a vida estava perdida de amores isso foi bem interessante (estrofe 2).

poeta está assumindo que oferecerá tudo por isso. a causa que o guia é renovar esse amor, dentro da vida... repare que se refere ao sentimento como "ferida".

veja que essa ferida é muito desejada (verso 7)... e, de modo bem sutil, afirma querer renovar esse "perdimento", esse amor dolorido (verso 8).
o leitor imagina que se trate, então, de um amor mal resolvido... e mesmo sem tê-lo realizado fisicamente, o poeta jura que não vai se meter noutra história, noutro destino (ventura), a não ser este, já vivido e tão desejado.

o eu lírico quer apenas o amor, mesmo que só em pensamento, como se leu no verso 1.

poeta conversa, nos três últimos versos, com objeto de desejo, fazendo a dita confissão amorosa




segunda-feira, 13 de março de 2017

aprendendo redação #4 [ bullying ]




texto 1


Já está na hora de abandonar os termos "digital" e "eletrônico" no que diz respeito às relações mediadas por computadores e afins. Da mesma forma que não se usam os termos "elétrico", "mecânico" ou "químico" para se referir a questões de infraestrutura, a classificação de um ato como "digital" coloca a ênfase no componente errado do processo. E pode minimizar a sua importância.
Digital não é sinônimo de tecnologia. É uma forma de relacionamento. Uma discussão por WhatsApp não é melhor nem pior do que uma discussão por carta (...)

                                                                      Luli Hadfahrer    [ Crime digital é crime ]

texto 2

­ A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira, 15, projeto de lei que estabelece a criação do Programa de Combate à Intimidação Sistemática, que, na prática, obriga escolas, clubes e agremiações recreativas a adotarem medidas de prevenção e combate ao bullying. No entanto, a proposta não prevê punição aos agressores. O texto segue para a sanção da presidenta Dilma Rousseff. O texto aprovado define bullying como “ato de violência física ou psicológica, intencional e repetitivo, que ocorre sem motivação evidente, praticado por indivíduo ou grupo, contra uma ou mais pessoas, com o objetivo de intimidá-la ou agredi-la, causando dor e angústia à vítima (...)
                                                       
                                                   [ Estado de S Paulo ]

- - - - - - - - -  -  -  -  -  -  -  -   -   -   -    -


como se vê, o tema é a violência, conhecida também como bullying. elaborar texto argumentativo aqui precisa ser tarefa simples. seja objetivo. na argumentação, use elementos de áreas diferentes do conhecimento (ciência, arte, esporte, educação, culinária etc)

sabido o tema, a proposta é elaborar um texto, então, vamos a ele.


rascunho

projeto de texto [ três partes ]



1) introdução  [ contexto e sua ideia, sua tese ]

2) desenvolvimento [ as argumentações ]
3) conclusão  [ reforçar a tese ]
* não esquecer título

evite repetir palavras. não use clichês.


. . . . . . . . . . .  .  .  .  .  .  .  .   .   .   .   .

sugestão para um texto argumentativo 

projeto de texto [ expressões-chave para você desenvolver ]

1) final século 20 em diante / violência via digital ou eletrônica / bullying é danoso à saude pessoal e social

2) a violência intimida a vítima / causa depressão / 

2.1) vítimas de bullying podem tornar-se violentas, como nos casos de assassinatos em escolas, nos e.u.a., nos últimos anos

3) a violência é prejudicial e precisa ser combatida via educação e também com a lei


. . . . . . .  .  .  .  .  .  .  .  .  .  .  .  .   .   .

resposta ao post #3

texto de até três parágrafos com opinião a respeito da ação do prefeito de s paulo, janeiro 2017

A ação do prefeito Doria Jr, em S Paulo, não parece saudável, uma vez que não soluciona nem minimiza a questão da grafitagem (ou pichação), Apagar um ou dois muros de uma cidade com mais de 12 milhões de habitantes não causa impacto, muito menos sugere solução para o caso.
O prefeito, ao pintar s grafites cria um clima de embate, confronto, sugerindo que tudo aqjuilo é um crime.
Reunir-se com grafiteiros, propor um espaço de exercício, reeducar os artistas, enfim, há inúmeras saídas para essa circunstância que, de certa forma, pode incomodar este ou aquele.


sexta-feira, 10 de março de 2017

guerra à guerra no futebol





as batalhas entre supostos torcedores, no futebol brasileiro, não são novidade, lamentavelmente.
em 2017 já aparece uma morte, no rio de janeiro, causada por embate entre essas figuras que se dizem torcedores de clubes.

o que fazer?

extinguir torcidas organizadas? 
colocar mais polícia em volta dos estádios?
acabar com o futebol?

enfim...

assista-me e tire suas conclusões

:)


terça-feira, 7 de março de 2017

tiro no pé




                                                                        [ laerte ]

não é de hoje que recebo, via internet, nos mais variados meios, exposição da vida dos que exercem a política, pelo país. aliás, vamos parar com essa história de"nova política", "não sou político, sou gestor", porque dá pena de quem fala. exercer a vida, respirar, envolver-se com pessoas, em qualquer circunstância, é fazer política. no clube, na escola, templo, esporte, sempre há política. e mais: trabalhar no congresso nacional é um troço perigoso. e muita gente graduada em minha volta costuma divulgar salários e regalias desses deputados e senadores no sentido de expô-los à inutilidade. é o começo do desmonte da democracia. ao invés de pregar o fim do congresso -- ação típica de ditadores -- por que não discutir funções e reais valores para tributação desses vencimentos?
a ira por melhorias não começa explodindo o congresso. nem termina aí. é sempre, sempre, sempre bom lembrar que essa gente (bolso xis, mala y, calheiros, sarney, maia ...) só está lá porque foram eleitos. alguém votou neles. gente que diz gostar de honestidade e que prega fim dos políticos está destruindo futuro, está justamente fazendo o jogo da extrema-direita.  começar a espalhar cidadania, não sonegar, participar da vida de seu bairro, de sua cidade, parar de execrar todos os políticos, isso sim, deveria fazer parte do cotidiano. essa raivinha sem sentimento democrático só gera frutos como trump, doria, crivella, o golpe de 2016 ... e aí? ficou contentíssimo? acabou a velha política? quando a gente nasce, sabemos nada da vida. mas o gosto por aprender é paraíso. humildade é tudo. você que bateu panela me deve desculpas.

segunda-feira, 6 de março de 2017

aprendendo redação #3 [ doria e a arte na rua ]




[ as respostas às questões do post #02, estão no final ]

em janeiro, 2017, o prefeito de s paulo, dória jr. promoveu ação inusitada: resolveu cobrir grafites com tinta cinza, pelos muros da cidade. declarou guerra a esse tipo de manifestação querendo crer que elas seriam pichações e, por isso, mereciam ser apagadas. 
a reação foi imediata.



arte na rua - museu  - clica

censurar a arte -  clica


fica o convite para que você escreva um texto de até 25 linhas com, pelo menos três parágrafos. 
nele, coloque sua opinião a respeito da ação do prefeito.

[ respostas no próximo post #04 ]

. . . . . . . . .  .  .  .  .  . 

respostas do post #02

- o que é variação linguística : aspecto da língua de um povo; trata-se de uma variada maneira de expressão, dentro do processo da fala, desta comunidade.

variação linguística  - clica

- a relação possível entre o texto de m chauí e a charge de laerte reside no fato de que é necessário libertar-se dos valores que nos impõem e buscar compreender o mundo de maneira própria. não ser dominado é fundamental para saúde mental e social,

sexta-feira, 3 de março de 2017

anita malfatti e a exposição de 1917




pintora, professora, ilustradora, enfim, uma artista completa, dentro de um cenário genuinamente masculino, acabou produzindo uma tensão que, a mim, também passa pela questão do gênero.
em 1917, malfatti fez uma exposição com 53 obras modernas, na líbero badaró, 111, são paulo. era dezembro. dentre as obras, "o homem amarelo", "mulher de cabelos verdes", "o farol de monhegan" (uma ilha, nos e.u.a.) e "o japonês".

a técnica de influência expressionista, após temporadas entre berlin e estados unidos não combinava com o conservadorismo quatrocentão do paulistano bandeirante pai de família. a famosa "gente de bem", que tanto se conhece por aqui. 
lobato, legítimo representante dessa estirpe, na época, destruiu verbalmente a exposição, num artigo chamado "paranoia ou mistificação". anita ficou um ano sem pintar. modernistas como mário de andrade e oswald saíram em sua defesa. contudo, a vida artística de anita malfatti não seria mais a mesma.

em 2017 completam-se cem anos dessa mostra importantíssima. uma batalha, não necessariamente contra o conservadorismo, mas sim pela liberdade de fazer arte a seu modo. isso, ela conseguiu.

para saber mais, assista-me!