domingo, 1 de janeiro de 2023

com quatro anos de atraso, brasil volta a ver um estadista na presidência

 


 [ presidente lula com representantes do povo ]

"Desastrosas foram as circunstâncias que o levaram à prisão. Não custa reiterar: não há leitor, jurista ou não, que examine a sentença de Sergio Moro e aponte as páginas em que estão listadas as provas que levaram ao repto condenatório. Assim, a posse de Lula também marca o fim da era do terror jurídico que tomou conta do país na vigência da Lava-Jat(...)" 
                   [ reinaldo azevedo - portal UOL ]  
                         clique e leia texto completo            

quem é desinformado ou tem problema de caráter vai pôr em xeque a ascensão de lula, desde 2017, quando é preso, até subir rampa do planalto em janeiro de 2023. em 2018, ainda liderava a corrida presidencial. sim, em 2018. só não levou porque estava preso. sem provas, mas preso.
olhem, tanto a promíscua lava-jato como o governo negacionista de jair tentaram enterrar a figura política de lula com pele e tudo. venderam sua imagem como um comunista.
 muita gente esqueceu dos quatro governos seguidos do partido dos trabalhadores na presidência em que se viu um tipo de admistração bem capitalista, diga-se. nada de comunismo.
é estarrecedor o grau de alcance das fake news criadas pelo gabinete do ódio do clã jair e por centenas de figuras que se diziam religiosas -- "deus acima de tudo" -- algumas até eleitas para o congresso. entre janeiro de 2019 e dezembro de 2022 o que se viu foi um governo desumano e anti-democrático. acabou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário