terça-feira, 9 de novembro de 2021

viúva negra resgata o pior do maniqueísmo político

 


assisti "viúva negra" (johansson/disney). 
enredo bem ralo, interpretações na medida do artificial previsível, nem os efeitos especiais -- marca da produtora -- são capazes de chamar atenção. qualquer capítulo de "game of thrones" é bem melhor. 

o filme ainda retoma o maniqueísmo infantiloide dos capitalistas versus comunistas russos maus. desde rocky 4, quando o boxeador (stallone) enfrenta ivan drago (dolph), russo, no pós-guerra fria, esse assunto da ameaça comunista (risos) tinha sido enterrado. até peppa pig é mais coerente. 
mas desde meados de 2010, há esse refluxo conservador, ascensão da ultra direita, aqui pelo ocidente, principalmente pós-barack obama. dá nisso: como o capitalismo vai de mau a pior com desgraças ambientais, climáticas e consumismos, então, melhor ressuscitar o fantasma do comunismo, quem sabe os mais tolos acreditem que ainda é melhor o desmatamento do que a sala vermelha russa.
olhem, "viúva negra" só não é pior do que "mulher maravilha 1984", preciso admitir.
entretenimento e ação? continuo gostando mais de "vida de inseto".


Nenhum comentário:

Postar um comentário