terça-feira, 30 de outubro de 2018

bolsonarismo convoca estudantes a filmar professores -- veja como se defender





saiu da boca do eleito, neste 2018, que professores devem ter suas aulas filmadas. professor deve ser constrangido e dizer apenas o que seguidores de jair querem. e a gente sabe bem o que se quer: calar a verdade e censurar espírito crítico.
veja o que fazer.

primeiro: ninguém pode filmar aula do professor sem autorização. é crime. se filmar e ainda publicar com críticas -- sem autorização -- é calúnia, passível de pena. é crime.

segundo: em caso de ameaça ou ofensa, registre o episódio, assegure-se de testemunhas, comunique direção da escola e faça boletim de ocorrência. procure ajuda jurídica do sindicato de sua região. e eu aqui lembrando quantos professores e professoras conheci que jogavam -- e ainda jogam -- pedra no sindicato...
voltando: tenha perto de si o telefone do sindicato. evite sair da sala se seu pedido para não filmar não for atendido. algumas instituições de ensino possuem câmeras, na sala, o que facilita essa relação. 

terceiro: se o pedido para não ser filmado não surtir efeito, não saia da sala: peça a que outros alunos chamem alguém da coordenação ou direção. 

quartocaso seu pedido para ser filmado não tenha sido atendido, faça boletim de ocorrência; pior ainda se professor(a) não tenha percebido que foi filmado e teve imagens divulgadas sem autorização. isso é calúnia. crime. 

trocar ideia é a base da relação entre pessoas civilizadas desde as cavernas.
porém, há pessoas que querem simplesmente calar a história, censurar o debate sob argumento de que combater autoritarismo é doutrinação. fascismo, não!

vejam, a tendência é que o discurso sobre criacionismo, versão militarizada para o golpe de 1964 ou mesmo ensino de catolicismo nas escolas, tudo isso volte. é ruim para a humanidade o retrocesso científico e histórico. pior: com respaldo de amadores, sub-coronéis ligados à direita e á criminalização da pobreza, muitos educadores podem se sentir constrangidos sim. 

o espírito crítico diante da sociedade ocidental não para. o próprio sistema vem produzindo tragédias sociais. não entender que fascismo, nazismo, racismo ou homofobia são um mal é atestado de incompetência intelectual e também resvala no crime.
repito : professor, professora, há respaldo para seu trabalho! procure o sindicato de sua região e informe-se. muitos fazem até o atendimento via internet. informe-se. 
cabeça erguida.

professores, educadores, pais e famílias conscientes, leiam :

como se defender a censura em sala de aula - clica


procure também enviar seu depoimento para as seguintes plataformas :

justificando - envie seu depoimento- clica

outras palavras - envie seu depoimento - clica

quatroV - envie seu depoimento - clica

apeoesp -- sindicato de professores do estado de s paulo - clica antes que fechem

sinpro - sindicato professores rede particular s paulo - clica




segunda-feira, 29 de outubro de 2018

acovardados ainda culpam partido dos trabalhadores pela derrota em 2018



leio em mino carta ("carta capital" 29/10/2019) que o sacrifício de lula, hoje, é inútil; que não houve aceno a ciro gomes, que fernando haddad isso e aquilo. cita norberto bobbio que, por sinal, conheço. bobbio, aliás, exímio pensador e muro de resistência ao fascismo de mussolini,lá no meio do século 20. ética é sua base de trabalho, além, claro, dos direitos individuais. voltando às chicotadas no partido dos trabalhadores. por que é o p.t. quem deveria sempre liderar movimentos de resistência e ser coerente? para governar um país repleto de coronéis e fascistoides, é necessário negociar com o centro e conservadores...  e num país onde vale a fake news e a repressão. e por que só o p.t. deveria ser a resistência e servir, de bandeja, todas chances de se enfrentar, mano a mano, esse império de insensatez e miséria intelectual? tenho profundo respeito a mino carta pois, inclusive, permite movimentos como este: discordar dele. é preciso sim responsabilizar quem se disse democrata e ficou na varanda coberta ouvindo as batidas de panela, em 2016, é preciso responsabilizar quem se diz democrata e foi atrás de um ciro gomes nada pragmático e aprendiz de caudilho e, hoje, não faz mea culpa... ciro foi incapaz de fazer aceno formal a haddad, dois dias atrás e cuspiu nos votos que recebeu simplesmente porque  partido preferiu manuela a um político ligado ao "dem" de maia e que apoiava o partido de bolsonaro em alguns estados... não faz mea culpa hoje porque em anos anteriores fez a mesma coisa, preferindo marina, aécio, covas ou mesmo quércia a uma ideia de apelo social quase sempre deixando à deriva lideranças petistas que tinham de, sozinhas, ceder às pressões de sarney, renan calheiros, cunha ou mesmo temer para manter, por exemplo, a petrobrás como empresa nacional, não aumentar o judiciário, retirar icms de produtos de consumo à classe média, baixar taxa de juros, resistir ao desmatamento da amazônia, enfim... todo esse esforço é inútil diante da direita golpista, mas é pior quando se olha em volta e percebe-se que na sua trincheira há quem apenas jogue pedra dizendo que faltou isso, faltou aquilo, culpa do petê, culpa do lula... cansa. o partido -- como qualquer outra entidade social e política -- traz erros e acertos, mas faltou mesmo, de verdade, quem assumisse caminhar com ele e agregar mais ideais sociais do que simplesmente virar o rosto e votar em marina em 2010 ou em ciro em 2018. e os 40 milhões de votos perdidos, no domingo 28 de outubro? entre nulos, brancos e abstenções o número passa de 40. já a diferença entre os presidenciáveis foi em torno de 10. dez. entende o que é pôr a mão na massa? muito se perdeu porque o partido que, hoje, poderia ter batido os fascistas foi abandonado por pura covardia e individualismo.


domingo, 28 de outubro de 2018

brasil vota e escolhe contra a humanidade





eu não estou de luto!
votei pela democracia. perdi. 
perdi mas não queria estar do lado quem me venceu. perdi, porque, 28 de outubro, 2018, país quis eleger o discurso contra negros, homossexuais, trans, índios, mulheres e, principalmente, professores, alvo dos covardes que sabem de onde vem o espírito crítico e a verdade... brasileiro elegeu discurso nazi-fascista e o pior dos mundos é o que está por vir: os seguidores do eleito estão autorizados a hostilizar, bater e matar, como já vêm fazendo desde 2017 ... tenho vergonha dessa história porque humanidade perde.
houve que usou argumento social, moral, cidadão, mas teve sua pele marcada a pontapé, cabeça esfacelada, túmulo... houve quem quisesse o diálogo, mas muita gente escolheu a cegueira.
há também os covardes. não são cem por cento, mas mais da metade é. como aquela gente que, no fundo do barco, vê um furo na parte lá da frente e nada faz por não ser daquele setor... basta olhar os números, hoje: entre votos nulos, brancos e abstenções, chega-se a mais de 40 milhões de pessoas ... a diferença entre os dois presidenciáveis não passa de 10 milhões .... a campanha pela banalização da vida política deu certo....e a confortável omissão de muita gente vai expondo esse cenário de terror ... só pra lembrar: nos outros xis governos anteriores não houve promessa de varrer oposição nem matar donos de ideias contrárias.... 
e eu não estou de luto! 
estou e estarei sempre defendendo humanidade e cidadania!


quarta-feira, 24 de outubro de 2018

candidato das fake news desperta a repulsa de imprensa estrangeira



excelente depoimento! vale a pena! sem ódio, sem ameaça, com argumento!
parabéns!








o brasil que se quer é o da democracia e respeito às diferenças




eu ainda acredito no bom senso, no espírito democrático, no esvaziamento da violência.
ainda acredito.
fico mesmo espantado com o ressurgir de um discurso vazio, quase risível, sobre "comunismo", como se estivéssemos na guerra fria...
olhem, foram mais de dez anos de governo lula e não nos transformamos num país comunista. pelo contrário! houve controle de inflação, criação de universidades, valorização do enem e do prouni, nunca os bancos ganharam tanto como no governo lula.
por que esse discurso de ódio? por que essa fala desconjuntada sobre "comunismo"? 
é mentira. e esse jogo sabe-se bem como nasceu.... na criminalização da pobreza, lá na década de 1990, desde eldorado de carajás, passando pela candelária e acari. sim, as chacinas. teve o carandiru, genocídio. havia o nascimento daqueles programas de polícia e bandido, sempre na periferia, marcando com destreza onde seria o lugar do bandido. até hoje esses programas existem. dá vontade de vomitar. 
mas eu ainda acredito no senso de realidade. 
falta sim parte da imprensa assumir um discurso cidadão condenando o que se vem presenciando, nesses últimos meses, com estupro, espancamento e morte de quem valoriza em bom som a democracia e o não ao fascismo. gente democrata está sendo perseguida e morta. foi assim como moa, marielle e tantos outros que hoje estão anônimos, traumatizados. o discurso do fascista é varrer opositores. um deles, eu, com certeza. eu não desejo que gente como jair suma, porque nasci aqui, luto pelo direito ao voto e aos planos sociais que, diga-se, este candidato tanto odeia.
por favor. se você que me lê ainda está em dúvida, evite o fascismo. evite a apologia ao estupro, a violência contra mulheres, homossexuais, negros etc etc.... 
essas eleições precisam servir para que o país seja regido pelo direito á democracia e não à tortura e a ridicularização de quem é progressista, democrata.

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

golpe de 2016 vai cobrando sua fatura: extremismo e fim dos direitos





desde a eleição do primeiro governo lula, claramente de apelo popular, a direita brasileira percebeu que poderia perder vantagens, benefícios, lucros e até a liberdade. a operação "lava-jato" também sustentada pelo governo dilma rousseff (2010-16) iria chegar até o alto comando da política conservadora, atingindo, principalmente, o pmdb (hoje mdb). 

fazer uma grande acordo era necessário... pular o povo. comprar duas centenas de deputados era mais fácil que milhões de brasileiros. comprar duas dezenas de figuras do judiciário era mais fácil que pedir para lula não ser candidato. 
e mais: comprar a mídia. verbas de publicidade triplicaram pós-golpe de 2016. vendeu-se uma ideia de que o problema era o partido dos trabalhadores quando justamente o que partido vinha fazendo era o contrário.

relembrando. primeiro: pedaladas fiscais atribuídas a dilma não eram suficientes para apeá-la do poder. outros governantes haviam feito. e a movimentação financeira, chamada "pedalada" não era para benefício próprio. é só pesquisar. 
segundo: qual o crime de lula? vou perguntar de novo: qual o crime de lula? 
na verdade, é bem difícil desfazer a tragédia criada por moro e temer. pra muita gente, se lula está preso, é porque houve corrupção. não houve, sabe-se bem disso. a questão era tirá-lo da disputa.

claro está que essa trama toda (golpe, prisão de lula etc) não se fez para devolver a presidência a um governante progressista... muito menos do pt.
e há chances de que todos percam. todos esses golpistas, nazistas, inocentes úteis e inúteis que mancomunaram com a direita. sim, há chance de que a coligação pt-pc do b vença as eleições. 

muita gente acreditou que votar em collor era dar recado ao congresso, lá em 1989. deu no que deu. depois foi a eleição de tiririca. também assim com dória. e agora com esse nazista anti-humanidade jair. votar no anti-político para castigar o congresso -- em parte corrupto -- não é o caminho. pune-se a si mesmo, ao invés do congresso. não é assim. 
as campanhas difamatórias perpetradas pela imprensa vendida, assim como paradoxais campanhas pelo nazista nascidas dentro de templos religiosos (católicos e evangélicos) dão o tom de como nosso sistema educativo é raso como um pires. furado. e não desqualifico apenas escolas, mas clubes, templos, plataformas digitais, tudo.
deveria ter acontecido mais luta, no passado recente. fortalecer a democracia lá atrás, combatendo a estupidez da "escola sem partido"; a necessidade de se valorizar a mulher e sua escolha diante de gravidez indesejada; promover mais debates sobre arte; repudiar o fascismo no seu nascedouro; desqualificar o ódio à comunidade lgbt; ter votado em mais candidatos progressistas para o legislativo ... se assim fosse, por exemplo, marielle não teria ido sozinha fiscalizar a aberração que é a intervenção militar nos morros do rio de janeiro.
a luta continua. eu ainda acredito no bom senso.
fascismo não.


sábado, 6 de outubro de 2018

listas de leitura obrigatórias para vestibular: sim ou não?





você estudante, professor, leigo, enfim, que se envolve com ensino médio ou cursos pré-vestibulares, o que pensa das listas de leitura? são necessárias? são tendenciosas?

assista a fala do professor fabio blanc


sexta-feira, 5 de outubro de 2018

fake news prejudicam democracia




fake news -- notícias falsas

prejuízo à democracia
elas existem para que se desacredite em uma pessoa, uma ideia.

prepare-se para as eleições e ao resto da vida

fascismo não!




quarta-feira, 3 de outubro de 2018

senso de humanidade deve prevalecer nas eleições de 2018


                                                   
a escalada do conservadorismo baseado na ignorância histórica e repulsa às verdades cotidianas é uma doença. algo nascido na ausência do estado e suas ferramentas de civilidade básicas que vão desde o saneamento em muitas regiões até desenvolvimento de pesquisa científica através do apoio às universidades públicas.
e não me venham falar que o presidente xis ou a presidenta y são culpados únicos por isso. saneamento é obra das prefeituras, assim como coleta de lixo. não existe funcionário federal de limpeza. nem professor federal de sexto ano do fundamental. existem escolas federais, mas são pouquíssimas. educação básica é função do estado. a distribuição financeira advinda de impostos nunca foi tão grande como nos primeiros quinze anos do século 21. entre 2003 e 2014, 14 universidades foram criadas.  mas claro, toda a desgraça e ignorância de fascistas de hoje vai ser colocada nas responsabilidades de lula e dilma, caso o nazi-fascista jair avance rumo ao planalto. no governo juscelino foram 10. na era fernando henrique foram 2.
o discurso bizarro de jair assusta quem valoriza democracia e a humanidade. alastrou-se até no meio religioso. muitos evangélicos e católicos abraçam os grunhidos de jair sem se dar importância ao fato de que nele, o discurso prega morte, homofobia, racismo. não me espanto quanto à postura de boa parte das igrejas, por aqui. a católica, por exemplo, achava normal a escravidão. assim como achava comum mulher não votar, até meados da década de 1930.
o interesse dos cleros -- via tv, rádio ou internet -- é manter a submissão de seu rebanho debaixo do medo do inferno e sustentado pelo dízimo sempre caro. e ainda há quem realmente abrace a campanha deste limitado intelectual fascista jair. por quê? de novo: mitos não existem. existem sacerdotes que falam em nome dessas figuras da literatura mítica. falam e, em geral, ameaçam seus fiéis que veem na igreja um respaldo para suas covardias. as suas e as dos sacerdotes. já disse professor leandro karnal: "o medo atrai mais pessoas às igrejas que o amor".
sim, estou sim responsabilizando parte de nosso clero (evangélicos, católicos e afins) por essa ascensão da ignorância que vai desde a recusa em vacinação até o ridículo da interferência na constituição obliterando a questão da interrupção da gravidez. sem falar da tal "terra plana". é de envergonhar. que sejam conservadores e limitados intelectualmente, mas dentro de seus templos.
e há os educadores. sim, muitos se omitiram, desde os episódios de junho 2013 até agora. não promoveram debates, não levantaram questões sobre liberdade. e tome ascensão do m.b.l. e a imbecilidade da "escola sem partido". outros até panela bateram. outros ainda viram nos holofotes a jair a chance de dar vazão ao racismo e machismo inerentes à história de nossa casa grande.
nesta semana de eleição presidencial e também legislativa, ouço de muitos que, por exemplo, ciro gomes poderia vencer jair, num eventual segundo turno. em que pese a ascensão da candidatura petista só crescer nas últimas quatro semanas que antecedem o pleito. pergunto: por que isso, agora? por que estes centristas-ciristas não fizeram campanha por ele, lá atrás, desde 2016? por que só petistas aguentaram o tranco do golpe e da prisão sem provas de lula? muita gente supostamente progressista se calou diante desses episódios... hoje, início de outubro, com ciro ou geraldo sem chance alguma de segundo turno, essa gente chora leite derramado e clama por voto útil. uma tristeza. espero que sobre bom senso, no segundo turno e o anti-petismo implantado pela imprensa comprada por temer se esfarele diante da necessária democracia, dentro do brasil. fascismo não.